18 junho 2014

Sabonetes artesanais/industriais.

Os cosméticos, nomeadamente leites e cremes corporais, champôs, sabonetes, gel de duche, entre outros produtos industrializados têm uma lista infinita de ingredientes com nomes estranhos que a maioria da população não percebe. O que o comprador não sabe é que muitos deles não são inócuos e podem ser prejudiciais. Pegue num boião de champô/creme corporal e verifique se não incluem alguns destes componentes:
  • parabenos (metilparabenos, propilparabenos, butilparabenos, etilparabenos)- são utilizados como conservantes na cosmética mas comportante no nosso organismo como hormonas femininas, estando por isso ligado a casos de cancro da mama e puberdade precoce nas meninas.
  • compostos libertadores de formol (quaternium-15, diazolidinil, imidazodinil ureia, DMDM hidantoina)- usados como conservantes, o formol que libertantam está associado ao cancro da pele induzido pelo sol.
  • derivados da cânfora (benzophenona, 3-(4-methyl-benzylidene)- podem-se encontrar em alguns filtros solares, possuem tal como os parabenos efeito esterogénico no organismo.
  • lauril/laureth sulfato de sódio, SLES, SLS- têm a função de fazer espuma e têm acção detergente na pele, aparecem nos champôs, sabonetes industriais, gel banho,etc. Podem provocar irritação nos olhos, descamação do couro cabeludo (similar à caspa), irritação cutânea, intensificação de reacções alérgicas, desidratação da pele.
  • ureia- usado como agente hidratante, atravessa a placenta, mulheres grávidas não devem utilizar produtos com ureia!
  • sulfatedietanolamina, triethanolamina (TEA), diethanolamina (DCA), monoethanolamina (MEA) por vezes estes nomes podem ser precedidos por cocamide- usados com emulsionantes ou agentes de espuma, são aminas e podem reagir com nitratos formando um composto tóxico, a nitrosamina, que está associado ao aparecimento de cancro.
  • propilenoglicol, (PEG), (PPE)- usado como diluente para outras substâncias, pode causar irritações ou alergias a pessoas susceptíveis.
  • óleos minerais, óleos derivados do petróleo (petrolatum, parafine liquid, mineral oil, parafin oil) – tem função emoliente, não são nutritivos mas interferem com os mecanismos naturais da hidratação, no entanto retira à pele a capacidade de respirar, sufocando-a e encorajando o envelhecimento devido ao aumento da formação de radicais livres. Está ainda relacionado a diversos tipos de cancro devido a um componente presente 1,4- dioxano.
  • polímeros modeladores, PVP/VA copolímero- encontram-se nos sprays para cabelos produtos para pentear, são derivados do petróleo e tóxicos por inalação danificando os pulmões.
  • cores e fragrâncias sintéticas, fragrance, parfum- tornam os produtos mais apelativos e cosmeticamente mais agradáveis. No entanto, a maioria das cores sintéticas ainda aguarda o resultado dos testes de segurança, e as fragrâncias sintéticas possuem mais de 200 ingredientes diferentes sendo impossível saber a sua composição exacta. Podem provocar alergias, dermatites, dores de cabeça, tonturas, hiperpigmentação, tosse, vómitos.
  • lanolina- derivado da lã do carneiro, é um emoliente extensamente utilizado na cosmética, pode provocar reacções alérgicas em pessoas susceptíveis.
  • ácido sorbico, sorbic acid- conservante, pode provocar reacções alérgicas em pessoas susceptíveis.
Se fizemos uma procura mais exaustiva iria-mos encontrar muitos outros componentes prejudiciais.
Assustado? Keep calm.. existem alternativas basta estarmos atentos!

fonte:http://safetysoaps.wordpress.com/2012/11/04/os-rotulos-dos-produtos-de-cosmetica/

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...